Youtubers e a produção de conteúdo

O Youtube, uma das maiores plataformas de vídeo no mundo, tem uma capacidade de alcance e engajamento gigantesca, contando atualmente com mais de 1 bilhão de usuários. A plataforma também é umas das favoritas do público brasileiro, que gasta diariamente uma média de 4h30 acompanhando telas, e, com a pandemia, a procura pelo formato de vídeo, principalmente como forma de entretenimento, cresceu – e muito!

Um aspecto que também torna o Youtube incrivelmente atrativo são os seus creators, ou popularmente chamados de youtubers! 😉

Eles atuam em vários segmentos, abordam diversos conteúdos e compartilham experiências pessoais ou profissionais, funcionando como uma comunidade online. Para compreender a capacidade de influência dos creators da plataforma, segundo a pesquisa do Google, 76% dos brasileiros conhecem o termo "youtuber", e, deles, 77% acompanham pelo menos um canal na plataforma. Além disso, outra pesquisa apontou que 20% têm a sua opinião influenciada por youtubers :o

O cenário atual da pandemia alterou as relações comportamentais e sociais por completo, inclusive no ambiente digital, modificando a forma como consumimos conteúdo, produtos e serviços. De maneira geral, a forma toda como nos expressamos, né?! O verdadeiro questionamento que deve ser levantado, quando direcionamos a atenção do contexto para os criadores de conteúdo, é: como abordar um estilo de vida que, para nós, não existe mais? Como levantar assuntos que agora não possuem o mesmo valor percebido de antes?

De fato, houve uma interrupção em nossas vidas e no storytelling de cada creator, o que força a cada um deles a se reinventar dentro do nicho trabalhado e a forma como podem engajar novamente o seu público. Mas pera aí, isso também aconteceu com as empresas, não é mesmo? Pois bem, entenda que um youtuber também tem todo o seu trabalho de branding, estratégia de conteúdo, etc etc etc...

Então, com a alteração do significado das coisas que nos rodeiam, a abordagem dos creators acompanhou o processo, certo? Bem, não exatamente... Tem se tornado cada vez mais evidente a desconexão de alguns youtubers com a realidade e demanda atuais de seu público. Existe uma falta de sensibilidade e senso crítico para abordar assuntos e selecionar conteúdos relevantes, sabe? E sabemos que não é fácil mesmo :/

Por outro lado, existem casos de sucesso e de adaptação ao novo cenário, evidenciando como é possível ressignificar certas formas de conteúdo. Houve um crescimento na busca de tópicos que exploram o universo da saúde mental, gastronomia, leituras, e questões que englobam, de alguma maneira, um conteúdo mais autêntico, intimista e acolhedor.

Entre os exemplos de inovação, temos a Nath Finanças, youtuber que aborda questões sobre educação financeira. Nada melhor do que um conteúdo que ensina a controlar despesas em meio a uma crise, né? Inclusive, a creator recentemente desenvolveu uma extensão para o Google Chrome que busca controlar compras por impulso realizadas via e-commerce - um comportamento resultante do cenário atual! As pessoas não podem ir ao shopping, mas consomem pelos sites, sabe?

O próprio Youtube também não perdeu tempo e desenvolveu uma seção que permite explorar conteúdos educativos e vídeos DIY 😉

Nada como uma leitura adequada do contexto atual e uma narrativa consolidada!

Mesmo com alguns creators garantindo, ou não, a sua credibilidade, sabemos que a busca por referências permanecerá no meio digital, em comunidades e em criadores de conteúdo, mas quais serão os seus novos papéis?

Ainda serão uma alavanca para o processo de decisão do consumidor ou terão cada vez mais envolvimento com a consciência coletiva e responsabilidade social?

Existe uma "data de validade" do inventário das capacidades necessárias no mercado, que se renovam, aproximadamente, a cada 5 anos. Bom, no caso, para os creators do Youtube, é bem provável que a validade das competências tenha se expirado antes do tempo previsto...

Já é mais que hora de se reinventar!

Fontes:

https://www.thinkwithgoogle.com/intl/pt-br/advertising-channels/v%C3%ADdeo/entenda-o-poder-do-youtube/

https://www.hypeness.com.br/2020/04/nath-financas-rainha-da-contencao-de-gastos-cria-plug-in-para-te-impedir-de-comprar/

https://canaltech.com.br/redes-sociais/youtube-lanca-secao-que-permite-explorar-conteudo-educativo-168068/

PUBLICAÇÕES RECENTES