As estratégias de venda para o Natal 2020

O Natal, principal data do varejo no Brasil, será um período desafiador em 2020. Aquela imagem de shopping lotado, fila para entrar nas lojas, promoção dos icônicos panetones, tudo isso vai ter uma cara diferente neste ano...


Muitas das estratégias tradicionais estão tendo que ser repensadas para se adequarem às novas realidades. Estamos diante de um cenário que, além de as pessoas procurarem evitar aglomerações e exposição desnecessária, apresenta um alto índice de desemprego - que piora a situação financeira dos consumidores e provoca um mercado menos aquecido.


De acordo com a última Pesquisa Nacional da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) sobre Endividamento e Inadimplência do Consumidor, quase 70% das famílias brasileiras declararam estar endividadas. :/


Neste contexto em que, teoricamente, as pessoas estão menos propensas a comprar — ou, pelo menos, buscando opções mais econômicas –, o varejo deve estudar seu público e agir estrategicamente.


O primeiro ponto, que já foi bastante abordado aqui nos artigos e está bem compreendido pelas empresas, é o avanço para o online. Com os cuidados de distanciamento social e o fechamento obrigatório do comércio físico por um tempo durante a pandemia, 13% da população brasileira fez sua primeira compra online este ano.


Além disso, segundo uma pesquisa realizada pela Rakuten Advertising, líder global em marketing e publicidade digital com mais de 8 mil consumidores no mundo (em que 1000 são brasileiros), 86% dos brasileiros pretendem dar preferências às compras online durante as datas promocionais de fim de ano. Muito, né?


Outra característica interessante identificada na pesquisa é que 45% dos brasileiros vão priorizar negócios locais nas compras de fim de ano – mostrando um movimento empático e de solidariedade com os pequenos e médios comerciantes! Muito legal incentivar o pequeno empreendedor que, muitas vezes, pode ser seu amigo, familiar ou um vizinho!!!


Dessa forma, é imprescindível a reavaliação de suas técnicas e ferramentas de venda. Estenda a qualidade do atendimento presencial para o mundo virtual. Uma pessoa, ao receber um bom atendimento neste período, pode se tornar um cliente fiel o ano todo! E o atendimento atencioso pode ser por e-mail, WhatsApp ou até um pequeno mimo enviado pelos Correios junto com as compras do cliente. Faça-se inesquecível! ;)


Também use e abuse das redes sociais; procure mantê-las sempre atualizadas. Uma estratégia crescente neste momento é o uso do WhatsApp, que, além de facilitar a compra para o consumidor, cria uma proximidade e personaliza o atendimento. Após as vendas, mande uma mensagem, pergunte se ficou com dúvidas sobre a compra, coloque-se à disposição para atendimento em caso de trocas. Crie um relacionamento! É essencial.


Além disso, prepare um mix de produtos de preços variados e organize-se para chamar a atenção do público. Busque alternativas para ampliar o alcance da sua empresa e divulgar suas ações promocionais para mais pessoas. Faça contratos com marketplaces e aproveite a visibilidade dos outros domínios a favor do seu negócio. Crie parcerias e até quem sabe o famoso “co-branding” e a queridinha do momento “co-criação”!


E “last, but not least” ... não podemos deixar de reforçar a importância da omnicanalidade (“omnichannel”, sabe?). Cada vez mais, o consumidor navega entre o mundo físico e o online para efetuar uma compra - como a compra online e a retirada na loja física. A comunicação é de extrema importância neste momento. Tenha todos os seus canais alinhados, apresente o mesmo discurso nos diferentes pontos de atendimento e facilite a transição entre as duas esferas (física e digital).


É claro que, para muitas empresas, este será um ano atípico e de grandes mudanças e desafios. Mas vamos em frente!!! Por mais que, segundo a pesquisa da Rakuten Advertising, 40% das pessoas tiveram alguma redução em seus ganhos devido à pandemia, 87% ainda afirmam que irão às compras no Natal! \o/


O professor de Marketing da ESPM, João Finamor, acredita que, neste ano, o desejo de presentear no Natal pode ser ainda maior: "as pessoas vão querer presentear, talvez até mais, por tudo que passaram. A diferença é o novo formato de compra. As empresas que ainda não passaram totalmente pela sua transformação digital têm que ver como elas vão proporcionar essa nova experiência de compra".


O Natal é uma das datas que mais carrega emoção. Depois de um ano tão atípico e complicado, as pessoas poderão estar com um desejo reprimido de fraternizar, alegrar-se e comemorar. Vamos todos, com a segurança e o respeito necessários, tornar este final de ano surpreendentemente especial!



Fonte:


https://www.jornaldocomercio.com/_conteudo/ge2/noticias/2020/10/763754-natal-deve-ser-bom-para-vendas-pois-publico-presenteara-mais-apos-o-estresse-de-2020.html


https://blog.melhorenvio.com.br/natal-2020-oportunidades-e-commerce/


https://www.google.com.br/amp/s/amp.folhavitoria.com.br/economia/noticia/12/2020/natal-digital-requer-criatividade-e-estrategia-de-vendas


https://www.google.com.br/amp/s/jornal140.com/2020/10/26/vendas-de-natal-como-ter-uma-estrategia-customer-centric-marketing/amp/

PUBLICAÇÕES RECENTES

NOSSAS REDES SOCIAIS 

  • Facebook
  • Instagram
  • Linkedin

SOBRE O BLOG DO LIMÃO DIGITAL

SOBRE A LEMONADE SCHOOL

QUERO RECEBER NOVIDADES E DICAS DA LEMONADE SCHOOL.

 Este blog é dedicado a todos os alunos da Lemonade School, mas principalmente aos curiosos, sonhadores, empreendedores e visionários que compartilham dos mesmo ideais e paixões difundidas em nossas salas de aula. Sejam muito bem vindos ao universo da Lemonade School. Enjoy and  Share. 

LemonadeSchool

© 2017 by LEMONADE SCHOOL. Orgulhosamente criado para você