Facebook quer usar reconhecimento de marcas em fotos de usuários para anúncios mais assertivos

Como se o "tio" Zuckerberg já não armazenasse dados o suficiente da vida das pessoas

Autor: StartSe

O projeto, por enquanto, é uma patente, maaaaaas, com grandes chances de virar realidade num futuro bem próximo. Publicado nesta última terça-feira (09/4), ele servirá para que anunciantes possam criar publicidade cada vez mais certeira dos gostos das pessoas.

A tecnologia, baseada num algoritmo que funcionaria como o já existente de reconhecimento facial, conseguiria identificar - pasme! - um logo dentro de uma imagem.

Isso possibilitaria cruzar essa com outras informações, e traçar um perfil bem detalhado dos hábitos do consumidor. Pense que aquele clique num churrasco desprentesioso de fim de semana, com você segurando uma cerveja na mão, nunca mais será visto da mesma forma - não de acordo com a inteligência artifical da plataforma, e caso a foto seja postada também, né? É melhor, de qualquer maneira, não levar aquilo que não gosta de tomar, ou ficará recebendo anúncios da bebida errada por um bom tempo!

É esperar para ver se o próximo #10yearchallenge não vai ser daqueles produtos que gostava antes e dos que gosta na atualidade.

Sobre a StartSe acesse: https://www.startse.com.br/

PUBLICAÇÕES RECENTES