Apps de realidade aumentada ajudam na hora de decorar ou mobiliar

Cada vez mais, eles vêm se consolidando entre os profissionais de arquitetura e os clientes

Autor: Archipreneur

Você é daqueles que vivem pensando em dar um colorido diferente a alguma parede da casa, trocar a mobília, ou fazer umas mudanças aqui e ali para que os ambientes ganhem um novo visual? Então vai adorar saber que os apps de realidade aumentada (RA) voltados para o mercado de decoração estão se consolidando cada vez mais, tanto entre os profissionais de arquitetura, engenharia e construção, quanto entre os clientes.

Lojas como a IKEA, uma espécie de fast shop de móveis (bastante famosa na Europa e nos EUA, mas ainda sem filiais no Brasil), disponibilizam o serviço para que os usuários consigam testar as várias possibilidades das peças que desejam, sem precisarem sair de dentro dos cômodos. Basta apenas mirar a câmera do celular para o espaço, que ela automaticamente realiza um rápido scan e oferece as sugestões.

Chamado de Ikea Place, ele utiliza a tecnologia dos processadores e sensores de movimento do iOS 11, da Apple, e pode ser baixado tanto em iPhones, quanto iPads. Por aqui, somente a empresa Tok&Stok desenvolveu algo semelhante, o Decora, que segue essa mesma lógica de funcionamento.

De qualquer maneira, existem diversos aplicativos inovadores de RA que fornecem uma visão mais completa das soluções existentes, principalmente para quem desenvolve projetos.

Por exemplo, o ARki provê uma visualização em tempo real para propostas arquitetônicas, e pode ser acessado inclusive no sistema operacional Android. Fora sobrepor os modelos 3D em planos 2D já existentes, ele consegue estabelecer análises solares e seleção de materiais.

© ARki

Já o Pair (antigo Visidraft) permite arrastar e soltar equipamentos e demais itens 3D para as imgens capturadas. Ele possui um catálogo on-line com mais de 200 opções de mobiliário dos fabricantes "Fortune 500" - com atualizações e adições diárias - e possibilita, além de tudo, que o usuário caminhe fisicamente em volta de um produto virtual 3D, como se este estivesse dentro da sua residência!

© Pair

No caso do SmartReality, os modelos BIM podem ser sobrepostos em plantas impressas, criando visualizações tridimensionais da concepção como um todo. Dá para ampliá-la com um toque, passar pelas etapas idealizadas ao longo do tempo e também, gravar imagens e vídeos de todas as experiências durante essa jornada.

© SmartReality

Sobre a Achipreneur acesse: http://archipreneur.com/

PUBLICAÇÕES RECENTES