Livros e artigos muito f#d@! para ler e abrir a mente

Dicas de títulos mais atuais de marketing e inovação

Autor: Lemonade School

Qual foi o último livro que você leu? Se foi difícil responder a essa pergunta, está na hora de tirar o pó daquela estante e colocar nela uns bons títulos novinhos em folha e capa. E, para ter uma ideia do que escolher, segue abaixo uma lista com autores e conteúdos superatuais, excelentes para abrir a cabeça e motivar rupturas:

How Brands Grow: What Marketers Don't Know - por Richard Ed. Sharp e Byron Sharp

Os dois autores mostram, com base em anos de pesquisa e resultados práticos coletados em vários países, o que realmente FUNCIONA no que diz respeito ao crescimentos das marcas. Com uma linguagem voltada para o mercado de marketing, pode até servir como um guia para guardar embaixo do travesseiro.

A Coragem De Ser Imperfeito - por Brené Brown

Primeiro lugar na lista do The New York Times, a obra propõe uma jornada no autoconhecimento, especialmente no que diz respeito aos riscos de se expor emocionalmente - vulnerabilidade, para Brown, não é uma medida de fraqueza; mas sim, de coragem. Prepare-se para ter insights significativos e terminar a leitura mais maduro e seguro de si.

Abundância: O Futuro É Melhor Do Que Você Imagina - por Peter H. Diamandis e Steven Kotler

Será que, de fato, haverá como suprir as necessidades de cada homem, mulher e criança do planeta nos próximos séculos? Leia o livro e descubra - antes de começar, no entanto, livre-se de qualquer pessimismo que possa existir nesse sentido e se deixe surpreender pelo que vier.

Agora, se você está sem tempo para dedicar a um livro, ou mesmo, nem é tão fã de carregá-lo para tudo quanto é lado, aqui vão algumas dicas de artigos que você sacar no seu celular, mesmo quando estiver em pé no metrô:

The Future Of Managment Is Teal - por Frederic Laloux

Saiu na edição de outono de 2015 da revista online "strategy + business" (e continua bastante efetivo). O texto de Frederic Laloux se baseia no conceito do "teal paradigm", o qual se refere ao próximo nível na evolução da consciência humana. Quando aplicado às organizações, entende que estas operam como uma força independente com suas próprias finalidades, e não um mero instrumento para atingir os objetivos gerenciais.

Why Self-Managed Teams Are The Future of Business - por Chuck Blakeman, fundador do Crankset Group, uma consultoria de negócios americana.

Na publicação, Blakeman (que já participou do "TED Talks" algumas vezes) prova, "pasito a pasito", como é viável estruturar times de pessoas que trabalhem sem a supervisão de um gerente, por exemplo, e com total capacidade de tomar decisões certeiras, eficientes e favoráveis à empresa como um todo.

Lembre-se que ler é fundamental para o desenvolvimento pessoal e profissional. Como outras atividades, é um treino e requer dedicação - o bom, é que é indolor! Então, reserve um período diário, vá aos poucos, com os temas que mais lhe interessam. Se não estiver gostando, não insista: passe para outro! Aqui no "Blog do Limão", você sempre encontrará indicações f#d@! para tentar de novo.

PUBLICAÇÕES RECENTES