Ferramentas de busca representam quase 50% do tráfego do e-commerce

Quanto a sua loja virtual depende dos buscadores?

Autor: VTEX (Reprodução na íntegra info VTEX 2017)

O e-commerce constitui, para muitos empresários, uma maneira de levar o serviço ou o produto oferecido ao consumidor a níveis jamais imaginados. Segundo um estudo recente realizado pela VTEX (no ramo de cloud commerce) em parceria com a Semrush (all-in-one marketing toolkit), 49% do tráfego desse tipo de negócio no Brasil é decorrente de buscadores.

Mais de 500 lojas virtuais em território nacional fizeram parte da amostra e, conforme as conclusões obtidas, essa dependência pode variar significativamente em função do tamanho da empresa. Para se ter uma ideia, aquelas de pequeno porte chegam a obter 52% do volume total de visitas oriundo das ferramentas de busca, enquanto que as de grande porte conseguem em torno de 37%.

Quando se analisa o tráfego direto, porém, o cenário se inverte: as maiores atingem aproximadamente 20% a mais do que as menores; ou seja, para as primeiras, a situação significa 44% do total e, para as últimas, 36%.

No segmento de moda ou indústria, a relação se torna ainda mais distante, visto que das que possuem mais de 60% do tráfego originado diretamente no seu domínio principal, quase 80% são de marcas reconhecidas ou que também dispõem de um estabelecimento físico.

Para Rafael Campos, sócio-diretor da VTEX, a falta de força de marca constitui um dos principais motivos para tal resultado, pois os negócios que ainda estão se desenvolvendo precisam investir mais fortemente nos estágios iniciais do processo de decisão. "Com o crescimento do marketplace e aumento do custo de mídia, é natural que observamos os acessos se concentraram com o grande varejo, marcas e indústrias", ele relata no site da própria companhia.

No que diz respeito às redes sociais, elas refletem uma média de 4% do tráfego das lojas virtuais, bem pouca representatividade para aquelas que são das formas mais crescentes de comunicação e divulgação entre o público consumidor.

Os dados completos sobre o levantamento você encontra aqui, ou através do download do infográfico com todos os detalhes.

Sobre o VTEX: acesse https://blog.vtex.com/

PUBLICAÇÕES RECENTES