Growth Hackers e algumas verdades.


Growth Hackers e Algumas Verdades

Por Alexander Greif

Você sabe o que é Growth Hacking? Ainda não? Pois bem, fique tranquilo porque logo saberá, seja através do Wikipedia, de um artigo, ou mesmo através de um workshop com post it coloridos onde um professor formado por um “curso” no MIT estará presente justificando o seu investimento de milhares de reais.

Decidi escrever este artigo após inúmeros questionamentos de meus alunos em algumas universidades a respeito de cursos sobre growth hacking, design thinking, branding, entre outros. A minha resposta para estas “perguntas” é sempre seguida de um questionamento. O que você espera aprender nestes cursos? Infelizmente a resposta deles também é sempre a mesma: procuro soluções criativas e também preciso destacar meu CV no mercado. Um “amigo” me falou que é a teoria do momento.

Eis a minha tréplica para os meus “pupilos”, com um toque de verdade.

Assim como Growth Hacking e Design Thinking, dezenas de outros termos e nomenclaturas surgirão e com eles cursos, oportunidades, roubadas e críticas. Sua preocupação nunca poderá ser acompanhar a velocidade da criação destas nomenclaturas, mas sim gerar valor, ser na sua essência um indivíduo criativo e estratégico.

Todas as vezes que aprendo sobre uma nova nomenclatura em marketing digital, surge na minha memória uma especulação em teologia bem interessante sobre as semelhanças que existem entre as estórias de Buda, Jesus e Maomé. Há pessoas que digam serem a mesma pessoa só que em contextos, épocas e metáforas distintas. Mas, em todos os casos, a essência era a mesma: o líder que ensinava o amor através de seu próprio sofrimento.

Usando da associação acima, parafraseio dizendo que cada nova teoria e ferramenta em Digital surgidas nos últimos anos simplesmente nos dão uma visão de como realizar exatamente a mesma coisa, mas de formas diferentes. Tivemos 4P´, 8P´s, 6C´s e tantos outros. Épocas diferentes, novos códigos, mesmo problema e quase sempre as mesmas formas de achar soluções.

Claramente, meus alunos terão o direito e o prazer de escolher a ferramenta e o processo de trabalho mais conveniente para o seu dia a dia, seja frente aos novos processos da sua empresa, ou mesmo pela facilidade de compreensão de suas equipes.

Novas ferramentas e teorias ajudarão a organizar e a entregar de uma melhor forma todas as “soluções criativas” e “valores” para seus clientes. A entrega, com certeza, será muito mais assertiva e rentável e também, a forma de organizar ideias, ações e estratégias. Indiscutível. As opções são infinitas, ainda mais na era digital.

Agora percebam, meus alunos, elas não criarão o tal “Valor”, não trarão à luz a “Solução Criativa” e a “Vantagem Competitiva”. Estas sim, ainda dependerão de alguns sentidos básicos de marketing como: escutar, analisar e compreender as necessidades de seus consumidores e, obviamente, muito investimento em pesquisa e desenvolvimento para a criação de “excelentes” produtos e serviços. E, por que não, o bom e velho Marketing Mix (4 P´s)?

Sendo bem claro, conhecer sobre “design x, y ou z” não lhe fará mais criativo e nem lhe trará mais intuição. Melhorar sua capacidade criativa e estratégica talvez dependa de algo muito mais simples, gratuito e que inclusive, praticamos cada vez menos atrás de um smartphone: viver intensamente, simplesmente ser mais curioso pela vida. Vivenciar e errar.

Ao final de toda a tréplica poética e como um bom professor e admirador daqueles que não cansam em aprender, meu direcionamento sempre será: faça! Aprender nunca será demasiado, muito pelo contrário. Só não crie uma expectativa falsa de resultados, porque todos os cursos unicamente lhe mostrarão caminhos, os quais você deverá escolher e percorrer. Nenhum designer fará isto por você. Viva!

Sobre a autor: Alexander Greif. Graduado em Comunicação Social e MBA em Marketing de Serviços, ambas pela ESPM. Desde 2016 é Head de Digital Marketing na Sky Brasil, sendo responsável por todas as ações de Comunicação Mercadológica e Mídia dentro do ambiente Digital. Atualmente também é Presidente do Comitê de Branding e Performance do IAB no Brasil.Com mais de 17 anos de experiência dentro do segmento premium, também atuou como Gerente de Marketing da Citroën do Brasil e Gerente de Marketing da América do Sul no grupo alemão ZF. Também foi coordenador de marketing para Hyundai e Subaru no Brasil.

PUBLICAÇÕES RECENTES

NOSSAS REDES SOCIAIS 

  • Facebook
  • Instagram
  • Linkedin

SOBRE O BLOG DO LIMÃO DIGITAL

SOBRE A LEMONADE SCHOOL

QUERO RECEBER NOVIDADES E DICAS DA LEMONADE SCHOOL.

 Este blog é dedicado a todos os alunos da Lemonade School, mas principalmente aos curiosos, sonhadores, empreendedores e visionários que compartilham dos mesmo ideais e paixões difundidas em nossas salas de aula. Sejam muito bem vindos ao universo da Lemonade School. Enjoy and  Share. 

LemonadeSchool

© 2017 by LEMONADE SCHOOL. Orgulhosamente criado para você