4 dicas para você ter um perfil vencedor no LinkedIn

Tudo dentro do mais alto nível de profissionalismo, claro!

Autor: Social Media Today

Se você tem um perfil no LinkedIn, já percebeu que o negócio por lá é mais sério, não é mesmo? Afinal de contas, ele é voltado para o aspecto profissional da coisa. Com o passar dos anos, no entanto, a rede meio que deu uma "facebookizada" ou "instagramizada", como alguns poderiam dizer, no sentido de "permitir" postagens mais visuais.

Não que a transformação tenha sido ruim, muito pelo contrário, até viabilizou o compartilhamento de informações diferentes, cujos em formatos têm se tornado bastante comuns, como infográficos, apresentações e vídeos. Megan Golden, gerente global de marketing de conteúdo do grupo, inclusive, já falou sobre a importância dessa nova tendência, e do poder que ela pode alcançar.

Sendo assim, e para maximizar ainda mais a sua performance na plataforma, seguem algumas dicas e ferramentas vencedoras, que separamos para você:

Comece com as imagens

Parece bastante óbvio iniciar a atualização pelas imagens, mas as pobres coitadas acabam, muitas vezes, menosprezadas nos cuidados; portanto, atente-se:

À foto do perfil: use uma imagem nítida e clara e, caso esteja lidando com a de uma empresa, opte apenas por deixar o logo dela;

Ao banner do LinkedIn: eis uma das partes mais visíveis da página! Aproveite para divulgar nela o seu site ou o seu blog, para explicar melhor quem você é ou o que faz ou, simplesmente, para estimular os visitantes a explorarem mais o que já tem publicado nela. Por exemplo, a Hays, uma multinacional de recrutamento, utiliza o recurso para impulsionar as novas edições do blog deles, o Hays Journal.

Às demais seções: não se avexe em "popular" o seu feed com imagens - das atualizações que você compartilha às demais seções, tipo "experiência de trabalho" ou "o que você faz", "sobre a empresa" etc.

Construa a sua estratégia de conteúdo visual

Qual é o seu propósito com o LinkedIn? O que você pretende alcançar estando nele?

É necessário, então, que essas informações visuais fundamentem os seus objetivos, como por exemplo:

  • deseja mais brand awareness e engajamento? Publique assuntos educacionais que ajudem a valorizar a sua marca junto ao seu público-alvo;

  • quer promover o seu negócio e alavancar suas conversões e vendas? Divulgue seus melhores produtos e suas melhores atividades. Olhe só como o próprio LinkedIn fez na hora de anunciar seu serviço de referência profissional para os seus seguidores: usou um vídeo!

  • o seu intuito é se tornar um líder no seu nicho de mercado? Abuse de temas específicos, úteis a quem o segue, que também podem ser educacionais, para demonstrar todo o seu "conhecimento de causa".

O importante é sentar, ver o que se almeja e elaborar um planejamento em cima disso, a fim de chegar aos resultados esperados. Por mais que você procure apenas subir um texto simples, dê um jeitinho de adicionar uma foto a ele, para chamar mais a atenção - no meio de outros tantos, é bastante provável de funcionar de forma mais eficiente.

Aproveite-se das várias ferramentas por aí

Da programação dos posts à produção de vídeos, há algumas boas ferramentas disponíveis que, praticamente, darão uma bela mão nesse processo.

Agorapulse: uma espécie de calendário, para organizar as publicações ao longo dos dias/meses. Por meio dele, você consegue colaborar com o seu time (ou vice-versa), e assegurar que só saia aquilo que foi previamente aprovado por um gerente/editor.

Além disso, libera até 10 imagens diferentes por postagem, tanto no seu perfil pessoal, quanto da seu companhia.

Canva: você já deve ter ouvido falar dele, pois se popularizou bem nos últimos tempos. Com ele, é possível criar inúmeros layouts para banners, animações, e-Books, infográficos, peças e o que mais a sua imaginação deixar.

Ele opera com templates editáveis, dos quais se escolhe um para trabalhar em cima e mudar o que for preciso.

Adobe Spark: para vídeos, o Adobe Spark é facinho de manejar. Basta combinar fotos com videoclipes, adicionar umas camadas de texto e outros elementos e voilá: pronto para fazer o donwload e lançar na plataforma. Ele também oferece algumas opções pré-montadas, caso não saiba nem por onde começar.

Avalie, analise e otimize sua estratégia visual

Para potencializar o seu plano visual é crucial realizar análises das métricas de performance: quantas visualizações determinado artigo ganhou? Por que alguns vídeos recebem mais views que outros? Qual imagem teve mais ou menos impressões? Se eu trocar tal headline/título por outro, qual que vira melhor? A utilização de um tal imagem atrai mais que outra?...

Quanto mais você entender a razão por trás desses questionamentos, mais assertivas as suas escolhas serão, com maiores possibilidades de se conectar com a sua audiência.

Para tanto, testes A/B podem figurar como uma solução, a fim de encontrar o que gera mais cliques ou efeito, conforme a sua meta (claro que fazer um curso na Lemonade pode ajudar - e muito! - mas isso é off topic e fica só entre nós, tá?! Rsrsrs).

Avaliar constantemente as estatísticas é função que não pode ser esquecida ou negligenciada, hein?

Basta ter em mente que o LinkedIn é uma das mídias que mais cresce atualmente - ao todo, são 610 milhões de membros worldwide e a tendência é que prossiga num ritmo bom de engajamento, apesar das críticas que vêm rolando sobre a implementação de um stories específico, reações de emojis, entre outros componentes. Talvez não dê para fugir mais da "era da imagem", mas somente se adequar a ela de um modo mais... Profissional?

Sobre o Social Media Today: https://www.socialmediatoday.com

PUBLICAÇÕES RECENTES

NOSSAS REDES SOCIAIS 

  • Facebook
  • Instagram
  • Linkedin